skip to Main Content

Vendas transacionais X Vendas consultivas: Qual o melhor modelo para negócios contábeis?

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Empresas que trabalham com qualquer tipo de transação comercial (sejam produtos ou serviços) precisam estar sempre atentas às estratégias de venda utilizadas, já que o sucesso do negócio é resultado dos números trazidos pelas vendas. Nenhum negócio sobrevive sem vender por muito tempo!

Para as empresas contábeis, não é diferente. Saber vender é determinante para manter a saúde do negócio, tanto para fidelizar clientes, quanto para a prospecção de novas oportunidades. É inevitável perder contratos, uma vez que muitas empresas são baixadas e outras podem decidir mudar de assessoria contábil por qualquer motivo. Isso torna o processo de vendas ainda mais importante para garantir a sustentabilidade do negócio contábil.

Porém, os novos caminhos da contabilidade apontam a necessidade de analisar a questão sob um aspecto específico, que tem relação com um conceito básico das vendas – a existência de dois métodos para vender: a venda transacional e a venda consultiva. Neste artigo, você entenderá como a diferença entre esses dois formatos pode indicar o melhor caminho para o seu negócio contábil, para que ele vá ao encontro das necessidades atuais do mercado. Acompanhe!

Venda transacional: o modelo “tradicional”

Oriundo da atividade do comércio, o modelo de venda transacional pode ser considerado o formato tradicional, em que o comprador tem clareza do produto ou serviço que quer, procura o vendedor, que oferece a solução por um preço certo, e a compra é fechada. Por sua simplicidade, a venda transacional pressupõe que as expectativas e necessidades são sempre as mesmas entre todos os potenciais clientes, e por esse motivo podem ser resolvidas com produtos já produzidos e estocados ou soluções modeladas e replicáveis.

Imagine o drive-thru de um restaurante fast food: você está com fome, opta por aquele estabelecimento, escolhe o produto diante das opções disponíveis (aí entram as técnicas de promoção de vendas), paga o valor e leva para casa. Apenas! Geralmente, esse tipo de transação acontece pontualmente ou somente uma vez, e em muitos casos, como uma compra compulsiva.

Venda consultiva: descobrindo a necessidade do cliente

A venda consultiva se diferencia do formato de venda transacional por sua complexidade. Trata-se de um processo mais elaborado e demorado, característico da atividade de prestação de serviços. Nele, o comprador nem sempre tem clareza, ainda, de que precisa daquele produto ou serviço, e precisa ser educado sobre a sua necessidade. Nesse caso, o vendedor atua como um consultor técnico, para guiá-lo por todo o caminho.

Para que seja possível apresentar uma solução, o vendedor precisa realizar algumas etapas:

  • Realizar um diagnóstico da situação perante o comprador;
  • Entender as suas necessidades e expectativas;
  • Ajudar a definir os requisitos da solução;
  • Somente com as respostas acima em mãos, apresentar uma proposta.

Mesmo que existam protocolos padrão para tratar os problemas, é indispensável identificar se o cliente tem esse problema e convencê-lo de que ele precisa daquele tratamento. Ele precisa acreditar na solução e fazer a sua parte para que ela seja efetiva. Por conta de todo o caminho a ser percorrido, a venda consultiva pressupõe a construção de um relacionamento, em que se estabelecem pontes de confiança e troca de informações.

A venda de serviços customizados/personalizados e produtos considerados complexos, como tratamentos de saúde, softwares e consultorias, é especialmente beneficiada com a aplicação de tais técnicas.

O modelo de venda adotado pode determinar o sucesso da sua empresa!

Nas empresas contábeis, os dois estilos de vendas que esclarecemos dizem muito sobre o nível de agregação de valor do negócio.

Mesmo sem perceber, muitas empresas contábeis usam o estilo de venda transacional, recebendo potenciais clientes por indicação e apenas “tirando pedidos” de contabilidade, com base nos parâmetros informados.

Esse mesmo modelo de vendas é utilizado pelas empresas de contabilidade online e híbridas (empresas contábeis que operam pela internet, mas com atendimento mais humanizado e sem terceirizar a digitação para o cliente), que levantam os parâmetros e informam o preço do serviço. No fim das contas, o estilo de negociação fica baseado somente na comparação de preço. É por tal motivo, inclusive, que a contabilidade tradicional está bem ameaçada pela contabilidade online e híbrida. Acrescentada a fraqueza de entregar uma proposta sem entender as peculiaridades do cliente e suas necessidades (o que prejudica a capacidade de entrega), o futuro da contabilidade tradicional que se limita ao modelo transacional é bastante incerto.

Invista na venda consultiva para vender serviços contábeis

A evolução do mercado contábil e a busca, nas empresas de diferentes setores, de obter melhores resultados com base em uma gestão cada vez mais estratégica, são os motivos pelos quais se recomenda, hoje, que o modelo de venda consultiva seja adotado para vender serviços contábeis.

De fato, é essa escolha que permite diferenciar os serviços de um contador consultor em relação a um contador despachante. Ao se posicionar como conselheiro estratégico proativo, será sua responsabilidade compreender quais são suas dores, sonhos e limitações para, então, propor soluções que possam ajudar a potencializar as oportunidades e mitigar as ameaças.

Na próxima vez que receber um pedido de proposta por e-mail, contenha o ímpeto de enviar a proposta e convença o cliente a fazer uma visita, para que você possa aumentar as chances de conversão. É no contato com o cliente que você terá a oportunidade de deixar claro como é importante ter um contador consultor por perto!

Consulte aqui mais artigos para melhorar a gestão do seu negócio contábil.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Guia Definitivo Da Contabilidade Consultiva Post (1) - Marco

Contabilidade consultiva: o que é?

Guia da contabilidade consultiva para você potencializar os seus serviços contábeis! Entenda o que é a contabilidade consultiva, como ela funciona e por que ela

Back To Top
Recomendado só para você
Falta de foco, disciplina e organização são alguns dos problemas…
Cresta Posts Box by CP
Olá